28° C

Secretaria de
Defesa Social

Notícias

Portaria redefine responsabilidade territorial de alguns Batalhões e Delegacias

Geral

Com o objetivo de dar continuidade aos trabalhos de adequação das áreas de segurança às delimitações dos bairros e cumprindo as metas estabelecidas no Plano Estadual de Segurança - Pacto Pela Vida, no tocante a repressão qualificada, o Secretário de Defesa Social em exercício, Cláudio Lima, assinou a Portaria Nº 129, de 15fev07, publicada no Diário Oficial do Estado no último sábado. Para Cláudio Lima a Portaria vem consolidar o modelo de compatibilização de áreas e responsabilidades territoriais, seguindo orientações do Plano Nacional de Segurança Pública. "Cada Estado irá fomentar a atuação de suas polícias em áreas integradas de segurança", afirma. Para o chefe do Sistema de Informações, Monitoramento e Avaliação de Resultados (SIMAR) da Secretaria de Defesa Social, Eduardo Jorge Amorim, o ajuste realizado é uma continuação e manutenção do trabalho construído participativamente com os Órgãos Operativos. "Foram identificados pontos de dificuldade operacional, e que precisavam ser resolvidos para uma melhor atuação das polícias perante a comunidade", avalia. A compatibilização propicia uma atuação cada vez mais integrada das polícias e Corpo de Bombeiros com a comunidade, assim como o compartilhamento de suas responsabilidades pela atuação conjugada e articulada em uma mesma área comum, otimizando os recursos disponíveis e facilitando o planejamento e coordenação das ações, possibilitando políticas de defesa social mais eficiente. Confira as modificações: I. No território da Capital: Passar a localidade do Centro Cultural Nascedouro de peixinhos (antigo matadouro para a responsabilidade do 1° BPM e da 25 ª Circunscrição - Peixinhos; Os bairros de Monteiro e Alto Mandu, Apipucos e mais a localidade do açude de Apipucos passam para a responsabilidade territorial do 11° BPM pela Polícia Militar e 18ª circunscrição - Macaxeira na Polícia Civil; Os dois lados da via no trecho da Rua Gomes Taborda compreendido entre a Av Gal San Martin e a R Caratinga, e os dois lados da via da Av Gal San Martin entre a Av Abdias de Carvalho e a Rua Gomes Taborda passam a ser de responsabilidade territorial do 12° BPM e da 13ª Circunscrição - Mustardinha; A responsabilidade territorial e operacional no bairro de Iputinga entre a área 2 - 13º BPM da BR-101(viaduto da Av Caxangá ao centro do Recife) e para área 4 - 12º BPM, da BR-101 sentido Cid/sub, (após o viaduto ). Passando as vias existentes entre o trecho do Rio Capibaribe e a Av Caxangá para o 12° BPM e 14ª Circunscrição - Várzea; II. No território da Região Metropolitana: A responsabilidade territorial do bairro do Pacheco passa para a área 4 - 12º BPM, 12ª circunscrição - Tejipió; Os bairros do Fragoso e Cidade de Tabajara passam a ser de responsabilidade operacional e territorial para o 1° BPM e 24ªCircunscrição - Varadouro; O Arquipélago de Fernando de Noronha passar a ser responsabilidade territorial da Companhia do Meio ambiente - CIPOMA e da Gerência de Polícia Especializada (Polícia Civil); III. No território da Zona da Mata: As ocorrências do município de Cortês continuarão sendo atendidas pelo 10° BPM (DPM de Cortês) subordinado a 2ª Cia PM-Ribeirão, sendo Cortês - 84ª circunscrição (Polícia Civil); IV. No território do Agreste: As ocorrências do Distrito de Bem-te-vi localizado no município de Bonito continuarão sendo atendidas pelo 4° BPM (3ª Cia PM) 92ª circunscrição - Bonito; As ocorrências do Distrito de Alto São Francisco localizado no município de Ibirajuba continuarão sendo atendidas pelo 4° BPM/ (DPM - Ibirajuba - 103ª circunscrição) que é subordinado a 5ª Cia PM/Agrestina; As ocorrências do Distrito Vila Canaã localizada no município de Caruaru estão sendo atendidas pelo 4° BPM (1ª Cia PM - Caruaru) e pela 89ª circunscrição - Caruaru - Distrital; As ocorrências do Distrito Chã de Cruz (DPM) localizada no município de Paudalho continuarão sendo atendidas pelo 20° BPM (3ª Cia PM) São Lourenço da Mata - 39ª circunscrição - Aldeia ANEXO 1º TERRITÓRIO - CAPIT

Com o objetivo de dar continuidade aos trabalhos de adequação das áreas de segurança às delimitações dos bairros e cumprindo as metas estabelecidas no Plano Estadual de Segurança - Pacto Pela Vida, no tocante a repressão qualificada, o Secretário de Defesa Social em exercício, Cláudio Lima, assinou a Portaria Nº 129, de 15fev07, publicada no Diário Oficial do Estado no último sábado.

Para Cláudio Lima a Portaria vem consolidar o modelo de compatibilização de áreas e responsabilidades territoriais, seguindo orientações do Plano Nacional de Segurança Pública. "Cada Estado irá fomentar a atuação de suas polícias em áreas integradas de segurança", afirma.

Para o chefe do Sistema de Informações, Monitoramento e Avaliação de Resultados (SIMAR) da Secretaria de Defesa Social, Eduardo Jorge Amorim, o ajuste realizado é uma continuação e manutenção do trabalho construído participativamente com os Órgãos Operativos. "Foram identificados pontos de dificuldade operacional, e que precisavam ser resolvidos para uma melhor atuação das polícias perante a comunidade", avalia.

A compatibilização propicia uma atuação cada vez mais integrada das polícias e Corpo de Bombeiros com a comunidade, assim como o compartilhamento de suas responsabilidades pela atuação conjugada e articulada em uma mesma área comum, otimizando os recursos disponíveis e facilitando o planejamento e coordenação das ações, possibilitando políticas de defesa social mais eficiente.

Confira as modificações: I. No território da Capital: Passar a localidade do Centro Cultural Nascedouro de peixinhos (antigo matadouro para a responsabilidade do 1° BPM e da 25 ª Circunscrição - Peixinhos; Os bairros de Monteiro e Alto Mandu, Apipucos e mais a localidade do açude de Apipucos passam para a responsabilidade territorial do 11° BPM pela Polícia Militar e 18ª circunscrição - Macaxeira na Polícia Civil; Os dois lados da via no trecho da Rua Gomes Taborda compreendido entre a Av Gal San Martin e a R Caratinga, e os dois lados da via da Av Gal San Martin entre a Av Abdias de Carvalho e a Rua Gomes Taborda passam a ser de responsabilidade territorial do 12° BPM e da 13ª Circunscrição - Mustardinha; A responsabilidade territorial e operacional no bairro de Iputinga entre a área 2 - 13º BPM da BR-101(viaduto da Av Caxangá ao centro do Recife) e para área 4 - 12º BPM, da BR-101 sentido Cid/sub, (após o viaduto ).

Passando as vias existentes entre o trecho do Rio Capibaribe e a Av Caxangá para o 12° BPM e 14ª Circunscrição - Várzea; II. No território da Região Metropolitana: A responsabilidade territorial do bairro do Pacheco passa para a área 4 - 12º BPM, 12ª circunscrição - Tejipió; Os bairros do Fragoso e Cidade de Tabajara passam a ser de responsabilidade operacional e territorial para o 1° BPM e 24ªCircunscrição - Varadouro; O Arquipélago de Fernando de Noronha passar a ser responsabilidade territorial da Companhia do Meio ambiente - CIPOMA e da Gerência de Polícia Especializada (Polícia Civil); III. No território da Zona da Mata: As ocorrências do município de Cortês continuarão sendo atendidas pelo 10° BPM (DPM de Cortês) subordinado a 2ª Cia PM-Ribeirão, sendo Cortês - 84ª circunscrição (Polícia Civil); IV.

No território do Agreste: As ocorrências do Distrito de Bem-te-vi localizado no município de Bonito continuarão sendo atendidas pelo 4° BPM (3ª Cia PM) 92ª circunscrição - Bonito; As ocorrências do Distrito de Alto São Francisco localizado no município de Ibirajuba continuarão sendo atendidas pelo 4° BPM/ (DPM - Ibirajuba - 103ª circunscrição) que é subordinado a 5ª Cia PM/Agrestina; As ocorrências do Distrito Vila Canaã localizada no município de Caruaru estão sendo atendidas pelo 4° BPM (1ª Cia PM - Caruaru) e pela 89ª circunscrição - Caruaru - Distrital; As ocorrências do Distrito Chã de Cruz (DPM) localizada no município de Paudalho continuarão sendo atendidas pelo 20° BPM (3ª Cia PM) São Lourenço da Mata - 39ª circunscrição - Aldeia ANEXO 1º TERRITÓRIO - CAPIT