28° C

Secretaria de
Defesa Social

Notícias

Pronasci reúne municípios e Estado para parceria na área de segurança pública

Geral

Representantes do Pronasci (Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania) se reuniram na última sexta (22) no Fórum do Recife, para discutir o problema da segurança pública no estado e municípios. O representante do Pronasci, Jorge Quadros informou que os trabalhos que estão sendo efetuados precisam de continuidade. “Estamos trazendo aqui uma política de segurança pública de Estado e não de governo”, assegurou.

Para Jorge, o município agora passa a ser uma figura de grande importância nesse projeto. “Queremos uma polícia que tenha admiração pela população. Temos que trabalhar junto à sociedade” completou. O secretário de Defesa Social, Cláudio Lima, avaliou que o Pronasci prioriza prevenção da criminalidade juntamente com a questão social. “Pernambuco tem carência de uma atenção especial dentro da segurança pública”, analisou o secretário. Segundo ele, ações relacionadas à prevenção também são dever da sociedade. “A segurança é uma responsabilidade de todos nós”.

Desde o começo de 2007 até 2012, o Governo Federal prevê um investimento na área de segurança pública em mais de seis bilhões. A Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública) trabalha em média com um milhão e 400 mil reais por ano. Jorge

Quadros explica que o público alvo do programa é o jovem na faixa etária de 15 a 24 anos. “São eles os que mais matam e os que mais morrem. Queremos recuperar esse público”, afirmou. Quadros explicou ainda que o Pronasci necessita de mais exposição para atingir os seus objetivos. “Tem que haver divulgação e comunicação desse Programa” cobrou. Dentre as ações do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania estão o Bolsa Formação, o Plano Nacional de Habitação, Formação Policial (parceria com faculdades) entre outros.

No evento estavam presentes assessores de comunicação da Polícia Rodoviária Federal, Secretaria de Desenvolvimento Social, Secretaria de Defesa Social, além das polícias Militar, Civil e Corpo de Bombeiros. Os assessores dos municípios de Cabo de Santo Agostinho e Jaboatão dos Guararapes também participaram da reunião.