O que é Abuso Sexual?

O abuso sexual  ocorre quando existe um jogo, ou até mesmo o ato sexual, entre pessoas de sexo diferente, (ou  do mesmo sexo), em que o agente abusador  já tem experiência, e  visa sua satisfação sexual. 

Estas práticas geralmente  são impostas às crianças  ou adolescentes, através de violência física, ameaças, ou em alguns casos, induzindo-as, convencendo-as.  

com uso de violência ou ameaça:     

induzindo, convencendo:

No abuso sexual,  a criança  é despertada para o sexo precocemente, de maneira deturpada, traumática, ficando com marcas para o resto da vida, podendo desenvolver comportamentos patológicos como aversão a parceiros do mesmo sexo do abusador ou, por outra, promiscuidade e uma sexualidade descontrolada, entre outros. 

A criança ao ser abusada sexualmente é desrespeitada como pessoa humana, tem seus Direitos violados,  e o pior: na maioria das vezes, dentro de seu próprio lar, por quem tem a obrigação de protegê-la.

As marcas, as conseqüências do abuso sexual podem ser físicas ou psicológicas. Geralmente ficam as duas.

O abuso sexual pode se dar de várias formas, e   com ou sem contato físico.

Você tem direito a viver uma vida livre de toda e qualquer forma de violência.

O abusador geralmente ao praticar o abuso sexual  toca fisicamente a vítima, mas pode haver abuso sexual sem o toque físico. 

O abusador pode tocar a vítima sob forma de carícias, tanto  como  um beijo, ou  alisadas, seja nos seios ou em outras partes do corpo (inclusive os órgãos sexuais), às vezes chegando a manter relações sexuais: tanto vaginal quanto anal. Há muitos casos de gravidez decorrente de abuso sexual.

O sexo oral é  uma forma de sexo muito utilizada pelos abusadores, e   transmite  doenças sexualmente transmissíveis da mesma forma que o sexo vaginal e anal,   o que significa também risco de contaminação pelo vírus  da AIDS). 

 

Já no abuso sexual sem contato físico, alguns abusadores se limitam a olhar suas vítimas   trocarem de roupa, tomarem banho, etc.  É o "voyeur".  

Há o tipo de abusador que  expõe os órgãos sexuais  para suas vítimas. Este tipo tanto acontece na rua, como em casa. É o "exibicionista".

Alguns abusadores vêem fitas  e revistas pornográficas com suas vítimas,  alegando que precisam "ensiná-las",  despertando sua sexualidade de uma forma precoce e  deturpada. Às vezes, nestes casos, o abusador chega a manter contatos mais íntimos, sob a desculpa que "está apenas  ensinando", à vítima. 

      ou      

 

Acontece ainda com freqüência, que o abusador "paga" à criança em dinheiro ou em doces, dá presentinhos, para que ela permita que ele a toque intimamente, abuse de seu corpo  de diversas formas. Esta forma é mais utilizada nas comunidades  de baixa renda.

Os adultos abusadores na maioria das vezes são parentes de sangue da criança ou adolescente: (pai, irmãos, avós, tios, etc) ou parentes  por afinidade:padrasto, esposo da tia, etc.) ou são simplesmente  responsáveis pelos mesmos: tutor, padrinho, etc).

Se você foi ou está sendo vítima de abuso sexual,  precisa  falar a respeito com quem pode lhe ajudar.  

Você pode evitar conseqüências muito graves: gravidez, AIDS, ou até a morte. Gravidez na adolescência, além de transtorno, é sempre uma gravidez com riscos. Se o abusador for pai ou outro parente, maiores os riscos de um filho com problemas de má formação congênita.

Um abusador para não ser descoberto pode praticar desatinos. Previna-se. Se você é ou foi abusado(a), procure ajuda logo.

Infelizmente há muitos casos de mães omissas:  fingem não ver o que seus maridos ou companheiros praticam com seus (suas) filhos(as).


 

Você pode procurar o Conselho Tutelar  da localidade onde mora, o(a) Juiz(a)  ou o(a) Promotor da Vara da Infância e Juventude de sua cidade, ou nos mandar um e-mail:  

 

Mas, não tenha medo. Procure ajuda. é muito importante.

As conseqüências são muito graves. Fale. Bote a boca no trombone. Estamos aqui para lhe ajudar.

 

Você não está só.

 

NÃO TENHA MEDO

 

É    hora   de falar, de dar um basta. 

 

Mande-nos uma mensagem. 

 

Em Pernambuco

Disque 147

 Fale. 

Estamos do outro lado para lhe ouvir.

Não se cale.  

Você não está só.Conte conosco.